Situe-se...

href="http://www.textoconbrillo.net/" target="_blank" title="Texto con brillo">lucia

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Dez Dicas como Viver bem Depois dos 60

1º)- Conheça as modificações do seu
corpo.
Não fique em dúvidas, procure reconhecer,
esclarecer e aceitar as mudanças.
Só assim poderá diferenciar o que é
parte do envelhecimento e quais são as
alterações que resultam de afecções que
podem acometer o idoso.
2º)-
Trace metas de vida. Os idosos mais
felizes e ajustados são os que tem planos
e são capazes de adaptá-los às condições
impostas pelo envelhecimento.
3º)-
Não acredite em fórmulas de
rejuvenescimento, ou elixir da longa
vida. Evite usar medicamentos desnecessários
ou indicados por leigos.
Sempre que precisar de ajuda, procure
orientação médica especializada.
4º)-
Alimente-se corretamente. Aceite
suas limitações, faça adaptações, previna
complicações. Use e abuse de frutas,
verduras e legumes. Você certamente se
beneficiará disso.
5°)-
Faça de sua experiência de vida um
ensinamento. Feliz do idoso disposto a
aprender, em vez do que teima só em
ensinar.
6º)-
Ler é muito importante, exercita o
cérebro. Procure ler textos agradáveis,
faça palavras cruzadas, também é ótimo.
Imprescindível é a leitura da bíblia.
7º)- Mantenha em alta a sua auto-estima.
Vista-se adequadamente para cada
ocasião, não importa se for a mesma
roupa da semana passada. Perfume-se,
cuide de seus dentes, de sua higiene.
8º)-
Saia de casa, caminhe. Invente um
passeio, mesmo que vá ao lugar de sempre.
Mexa-se: corpo e mente se beneficiarão
com exercícios físicos, Procure se
informar sobre atividades desenvolvidas
para a Terceira Idade (teatro, viagens,
passeios, reuniões, aulas, voluntariado
na igreja, etc). Identifique-se, desenvolva
suas aptidões.
9º)-
Evite se omitir. Não se isole. Você
sabia que as pessoas mais respeitadas
no velho testamento, em Israel, eram os
anciãos? Participe das reuniões familiares,
ouça e se faça ouvir, exponha as suas
idéias, seus pontos de vista. O fundamental
é reconhecer que o simples fato
de estar na Terceira Idade não o impede
de
decidir plenamente a sua vontade
pessoal, respeitando os seus valores.
10º)-
Acredite que você é importante,
capaz, e que a felicidade pode ser alcançada
em qualquer idade. Como dizem,
o real não está nem na saída e nem na
chegada. Está na travessia e com Jesus
no comando, realmente tudo vai muito
bem.


Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br


Lúcia Izidoro

Perda de Identidade


Basta uma pequena passagem pelas páginas da Bíblia para que ela revele coisas surpreendentes. Um pequeno panorama entre gênesis e apocalipse revela muito da natureza verdadeiramente humana, bem como, a questão da desumanidade.
Excluindo a única restrição existente nos tempos da criação, o primeiro casal possuía liberdade e comunhão plena. Contudo, foram incapazes de guardar um único mandamento e acabaram por comer da árvore do conhecimento do bem e do mau, fazendo o que era mau aos olhos do Senhor.
O pecado original gerou conseqüências cósmicas. O homem perdeu o relacionamento que possuía com Deus e, ainda hoje, toda a criação geme e suporta angústias, aguardando a consumação dos séculos e a restauração plena de todas as coisas em Cristo.
O pecado gerou morte, medo, separação e quebra do relacionamento do homem com Deus.
Sem um relacionamento adequado com o criador, o ser humano iniciou o processo de perda de identidade.
Criado a imagem conforme a semelhança de Deus, ao se afastar do criador perdeu o próprio referencial que lhe moldara o caráter, a personalidade, o objetivo, a meta e o intuito.
Iniciou-se um processo de redefinição! Sem anseio de buscar um relacionamento adequado com o Criador, o ser humano vem estabelecendo sua própria noção falida de humanidade, a qual difere do padrão da criação.
Em busca de criar e estabelecer seu próprio conceito de humanidade, o homem dos últimos dias conseguirá consumar um estado de plena desumanidade baseado em seus próprios conceitos humanistas. Ali serão encontrados homens que diferem, extremamente, do homem original, criado a imagem conforme a semelhança de Deus. Homens egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder.
Homens incapazes de olhar para o próximo. Eles buscam uma sociedade perfeita, mas não no sentido da perfeição divina, antes, a perfeição buscada está diretamente relacionada a ter seus desejos supridos em detrimentos dos demais. É isto que se prega, com a teologia da prosperidade. Cada qual busque riquezas, fama, prosperidade e sucesso. Nada se fala sobre a causa do próximo e da vida em comunhão.
O homem dos últimos dias criará uma sociedade mesquinha e egoísta, impossível de ser habitada.
A sociedade formada naqueles dias não terá praticamente nada que lhe lembre sua própria identidade perdida ao longo do tempo, dia após dia, desde quando resolveu voltar às costas a ser a imagem conforme a semelhança daquele que o criou.
Vivemos a margem do estabelecimento desta sociedade e podemos identificar os antigos valores sendo sucateados em prol de novos valores que atendam a algumas pessoas, classes e grupos.
Nós mesmos, bombardeados de todos os lados, não estamos livres de concordar com esta geração. Tantas são suas imposições! Os motivos parecem até justificáveis, mas a luz do conhecimento bíblico, tais conjecturas não passam de veneno capaz de matar o melhor cristão dentre todos nós. Seja por se adequar e conformar com o presente século quer seja por combatê-lo de forma tão ferrenha, que a luz que resplandecia fortemente em nós, enfraqueça, torne-se opaca e, por fim, não reste nada que lembre o novo homem “que se refaz para o pleno conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou”.
Sem dúvida vivemos tempos difíceis! Que possamos fazer uso do conhecimento bíblico e da ação do Espírito Santo sobre nossas vidas para não nos adequarmos, mesmo que de modo imperceptível, a esta geração e, ainda, que possamos ser a diferença quer seja oportuno, quer não seja, anunciando a brevidade do Reino, bem como, a necessidade de nascer de novo.
Lúcia Izidoro

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Pés bonitos e Saudáveis



A vaidade feminina faz com que as mulheres cometam certas loucuras em busca de um

visual cada vez mais atraente. Estar de bem com a balança e com o espelho está na agenda diária da mulher brasileira. Entre os recursos utilizados para se sentir mais charmosa e desejada, estão o uso de roupas que destacam as formas do corpo, as horas dedicadas ao salão de beleza, os momentos sagrados de utilização de cremes que retardam o envelhecimento ou até mesmo a escolha dos sapatos que irão compor o “look”.

O calçado, inclusive, grande protagonista do guarda-roupa feminino, pode se tornar um vilão para a saúde quando escolhido inadequadamente. Os pés atuam como a base de sustentação do corpo, porém, são as partes mais negligenciadas, principalmente pelas mulheres, analisa a podóloga Iara Karsten.

O uso de sapatos impróprios pode causar disfunções no sistema locomotor, causando o aparecimento de várias deformidades. Segundo Iara “sapatos apertados podem acarretar, além do desconforto, outros problemas como unhas encravadas, calos, calosidades e até deformações ósseas”. Para o dia a dia, a profissional indica os modelos fabricados com materiais macios, bicos redondos e salto largo inferior a 3 cm. “Muitas vezes a mulher termina o dia mal humorada e nem cogita a possibilidade do problema estar justamente nos pés”. A indicação da especialista é procurar um profissional sempre que esses problemas aparecerem. “Somente um podólogo poderá sugerir o tratamento mais eficaz para cada caso”, explica.
Publicidade:
Para a empresária Carolina Rodrigues que além de ser mulher, é sócia da Mercatto Calçados, em Blumenau, é possível aliar a beleza ao conforto. “As sapatilhas, por exemplo, são ótimas opções para quem deseja unir saúde e elegância”, aponta. Com adornos e detalhes diferenciados, elas já se transformaram nas queridinhas das mulheres que precisam agüentar com classe e sofisticação a rotina diária, complementa a também sócia da mesma boutique, Fernanda Marins.

Dicas para não errar
- Comprar calçados no final do dia, quando os pés estão cansados e inchados;
- Não esqueça que os pés possuem largura além de comprimento;
- Experimente os dois sapatos e caminhe bastante pela loja para verificar se são confortáveis;
- Você deve ter espaço para mexer os dedos. Esse é o tamanho ideal;
- Os sapatos devem moldar os pés, por isso, não leve tão em conta o número que você habitualmente calça. Opte por provar também uma numeração próxima para verificar se realmente são confortáveis.Lúcia Izidoro

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Vida Física

Vida



VERSO PARA MEMORIZAR: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância” (João 10:10).

Hoje em dia, as pessoas vivem muito mais que nas gerações passadas, especialmente no chamado mundo desenvolvido. Evidentemente, isso é bom. Mas uma coisa é viver muito, e outra é viver com qualidade! Às vezes, os médicos exe­­cutam todos os tipos de ações heróicas para manter artificialmente viva a pessoa, mas ela tem pouca ou nenhuma qualidade de vida.

Qualidade de vida não é apenas um nível aceitável de bem-estar físico; tem aplicação mais ampla. O que fazemos com os anos que nos são dados? Vivemos com um propósito e em harmonia com os outros? Vivemos em relações satisfatórias com nossos semelhantes e, acima de tudo, com o Criador? Estas são perguntas importantes para todos os que receberam o dom da vida.

Resumo: A vida é um dom de Deus. Agora que temos esta vida, o que ela significa para nós? Como devemos viver? Sendo a vida um dom, estamos sob a obrigação divina de zelar por ela, tanto física como espiritualmente? Ao mesmo tempo, nossa crença em Jesus nos conduz à comunidade de outros crentes, e nos tornamos parte de uma nova família tanto no Céu como na Terra, a qual deve afetar a qualidade da vida que temos aqui e agora.

O dom da vida física

Como se originou a vida? Alguns apontam para um desenvolvimento evolutivo da existência humana sem a presença de Deus. Outros pretendem ver um papel divino no lento processo de milhões de anos durante o qual, de algum modo, formas “simples” de vida surgiram e, subsequentemente, se desenvolveram em organismos mais complexos, inclusive os seres humanos. Essa teoria, porém, cria mais perguntas que respostas (e, além disso, nada na Bíblia sugere que Deus tenha usado a evolução para criar a humanidade). Enquanto isso, em anos recentes, vários estudiosos renomados têm argumentado convincentemente que essa teoria está em uma profunda crise. Até os mais fortes partidários do pensamento evolucionista devem admitir que a vida continua sendo um mistério tão grande como sempre foi.
Ao mesmo tempo, nem mesmo os que creem em Deus como Criador deste mundo e de todo o Universo têm todas as respostas. Mas a abordagem criacionista é muito mais lógica e coerente que a teoria inverossímil de que a vida humana resultou do acaso.

1º- O que a revelação nos diz sobre a origem da vida? Gn 2:7; Jo 1:1-3
R. Deus criou a vida e todo o Universo.

- E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente.

- No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.

O que é verdade para o mistério da vida em geral é também verdade para a vida de cada ser humano. Embora tenhamos muito conhecimento científico sobre os processos envolvidos na concepção e do crescimento da vida humana, cada novo pai que segura nos braços uma criança recém-nascida sabe intuitivamente que essa nova vida não é nada menos que um milagre. É um crença cristã fundamental que a vida – e a vida humana em sentido muito especial – é sagrada.
2º- Com que palavras Davi descreve o milagre da vida humana e a estrutura magnífica do corpo humano? Sl 139:13, 14
R. Deus nos formou com sábio amor e maravilhoso cuidado.
-"Pois possuíste os meus rins; cobriste-me no ventre de minha mãe. Eu te louvarei, porque de um modo assombroso, e tão maravilhoso fui feito; maravilhosas são as tuas obras, e a minha alma o sabe muito bem".

Quem não conhece a letra da famosa canção que diz que “Deus tem o mundo em Suas mãos”? Isso se aplica tanto ao Universo inteiro como ao nosso planeta. Mas também a cada um de nós individualmente; não importa quem somos nem onde estamos, Deus nos mantém em Suas mãos. Devemos a Ele a vida física, toda ela – do princípio ao fim.

Que diferença faz que Deus seja o Criador de toda vida, inclusive da nossa? Como a posição sobre a origem da vida deve influenciar nossa visão sobre coisas como a pena de morte, aborto e eutanásia?



A vida física



Se devemos a existência ao Criador, segue-se que também devemos a Ele o ­­cuidado do que Ele nos confiou. Na Bíblia, existe ampla evidência de que Deus está interessado em nosso bem-estar físico. Vez após outra, Ele manifestou interesse pelo bem-estar de Israel. Deu aos israelitas numerosas instruções sobre a alimentação saudável e saúde pública. Deu-lhes o maná no deserto. Deus ­­cuidou de Elias quando houve fome na terra. Estes são apenas alguns dos muitos exemplos do ­cuidado de Deus pelo nosso bem-estar físico.

Essa verdade se torna ainda mais clara no ministério de Jesus Cristo. Mesmo uma leitura superficial dos Evangelhos deixa evidente que a compreensão da religião de Jesus era muito prática.



3º- Como Jesus mostrou interesse em Seu próprio bem-estar físico e no das pessoas ao Seu redor? Analise nas passagens seguintes as implicações pra os dias de hoje.

R. a. Curou o endemoninhado; b. Descansou; c. Deu de comer aos famintos.


a. Cura (Mc 5)

b. Descanso (Mc 6:30-32)

c. Alimentação (Mc 6:33-43; esp. v. 34)


4º- Em que outras áreas Jesus mostrou preo­­cupação pelo bem-estar físico das pessoas?

R. Confortou os tristes, curou os doentes, deu vista aos cegos, ensinou os princípios do reino de Deus.


A maneira de tratarmos nosso corpo está intimamente relacionada com a mordomia. Sejam as posses materiais, o tempo, os talentos e o corpo – tudo é propriedade de Deus e, assim, requer-se que sejamos fiéis mordomos para ­­cuidar desses dons. Mas o ­cuidado do corpo também está intimamente relacionado com a visão bíblica da pessoa humana. Muitos cristãos creem que somos uma alma imortal que habita uma concha mortal de carne e sangue. No entanto, a Bíblia descreve a humanidade como uma unidade de corpo, alma e espírito, que não podem ser separados. Portanto, nossa religião não se refere apenas a “algo” imortal, mas a todo o ser. Ela afeta todos os aspectos da existência.

Vida espiritual

“E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2Co 5:17).


P. Como podemos ser “novas criaturas” em Jesus?

R. Pela habitação do Espírito Santo.

Todos os habitantes da Terra, quer tenham percebido isso, quer não, pertencem a Deus desde o nascimento. Mas esta vida que todos nós compartilhamos neste mundo, como todos sabemos, é passageira. O pecado trouxe a decadência e a morte não só a todo ser humano mas a todo ser vivo no planeta. Ninguém está livre da esmagadora devastação provocada pelo pecado.

A grande notícia é que temos a escolha se esta vida será tudo o que teremos ou se aceitaremos o maravilhoso dom da vida eterna.

No entanto, essa vida eterna requer uma mudança de coração, uma conversão. A Bíblia usa diversas metáforas para descrever essa experiência decisiva. A mais fácil de entender é a do novo nascimento, a imagem usada para descrever o ponto decisivo em que a pessoa aceita o dom da vida eterna em Cristo. Quando isso acontece, “o velho homem” morre e nasce uma “nova pessoa”.

Em nenhuma parte da Bíblia essa necessidade do novo nascimento é descrita com maior clareza do que em João 3. Leia a seção (v. 1-21) que conta o encontro de Jesus com Nicodemos.



6º- Qual é a natureza do novo nascimento? O que significa nascer de novo?
R. Nascer para o reino de Deus.

A vida nova do seguidor de Jesus, que abandonou a vida de interesse egoísta em troca da vida de compromisso com o reino de Deus, será caracterizada pelo crescimento. O recém-nascido para o reino de Deus precisa se alimentar com o tipo adequado de alimento espiritual e deve amadurecer gradualmente. O apóstolo Pedro nos encoraja a crescer “na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2Pe 3:18).



Se alguém lhe perguntasse: “Você nasceu de novo?”, o que você responderia? O que sua resposta revela sobre sua experiência com Jesus?


Vida social
Por natureza, os seres humanos são sociais. Evidentemente, existem momentos em que gostamos de estar sós. Precisamos de tempo a sós para oração e contemplação. Alguns precisam de mais tempo e mais espaço a sós do que outros. Mas costumamos ter pena daqueles que sempre estão sós, e especialmente dos que não têm suficientes habilidades sociais para estabelecer laços de amizade e que constantemente deixam de criar relações significativas.

A Bíblia descreve as pessoas como partes de várias cadeias sociais. Família, amizades, relações étnicas, comunidade e igreja são temas dominantes. A Bíblia aponta para o Pai de Jesus como Pai de toda a humanidade, o que significa que todos somos irmãos e irmãs em sentido muito real (At 17:26). Viver em relacionamentos é a essência da vida humana. Quando Adão foi criado, Deus imediatamente criou também uma companheira para ele. A vida familiar era um modelo divinamente criado para a felicidade humana. A Bíblia destaca repetidamente o enorme valor da amizade genuína e as bênçãos que advêm de pertencer a uma comunidade mais ampla.

7º Qual é a chave de uma administração bem-sucedida das relações sociais? Como você expressa esses princípios em sua vida? Fp 2:1-5
R. O mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.


- Portanto, se há algum conforto em Cristo, se alguma consolação de amor, se alguma comunhão no Espírito, se alguns entranháveis afetos e compaixões, Completai o meu gozo, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus.




Os vários aspectos da vida cristã são combinados quando nos associamos ao corpo de Cristo, a igreja. Esta é mais que um lugar em que se reúnem pessoas da mesma opinião e desfrutam companheirismo. Todavia, para muitos, a igreja é realmente o ponto central de sua vida social. Isso tem aspectos positivos e negativos. Sem amigos cristãos, temos poucos ou nenhum modelo de vida cristã. A associação com outros que também servem a Deus e também adotaram um estilo de vida bíblico nos ajuda a permanecer fiéis e a crescer em nosso relacionamento cristão. Mas se não tivermos nenhum amigo fora do cír­­culo de crentes, teremos poucas oportunidades para testemunhar. Em muitas partes do mundo, o evangelismo da amizade é o método mais bem-sucedido de crescimento da igreja.Estudos mostram que, dentro de sete anos, os adventistas mais novos perdem virtualmente todos os amigos não-adventistas. Examine sua própria vida. Esse é o seu padrão? Quais são as razões? Por que vale a pena investir tempo e energia para construir amizades com não-adventistas, ou até mesmo com não-cristãos?



Plenitude de vida



João 10:10 registra a famosa declaração de Jesus de que Ele veio nos dar vida “plenamente” (NVI). Outras traduções da Bíblia falam da vida “em abundância”.

Aqui está uma lista parcial dos componentes importantes dessa “vida plena”. Tente acrescentar outros componentes a essa lista e encontre apoio bíblico a esses vários aspectos:

1. É uma vida cheia de possibilidades.

2. É uma vida com propósito.

3. É uma vida de paz interior.

4. É uma vida com missão.

Conforme crescemos na vida cristã, nos tornamos cada vez mais convencidos de que Cristo nos oferece realmente uma vida “plena”. No entanto, com frequência, temos difi­culdade para explicar isso aos que não se comprometeram com Cristo. Para eles, a vida cristã parece muito enfadonha. Não gostam de nada que lhes pareça alguma restrição. Mas os cristãos aprenderam que nem todas as experiências pelas quais as pessoas passam realmente tornam a vida mais rica. Muitas coisas que podemos fazer têm um sinal de menos em vez de um sinal de mais, e contribuem para um vazio interior em lugar da plenitude da vida.



8. Quais são alguns tipos de experiências sem as quais passaríamos melhor, e por quê?

R. Tudo o que se relaciona com o pecado.




“Vida abundante” não é uma combinação de boa saúde, beleza, educação adequada e situação financeira equilibrada. Embora relações fortes e amoráveis certamente façam parte dela, há muito mais além dessas coisas. Vida “abundante” é aquela que tem significado. É aquela que traz paz interior. A felicidade não depende principalmente de cir­­cunstâncias exteriores, materiais. É aquela que está conectada com a fonte da vida e que, portanto, será eterna.





Por que parece atraente toda essa conversa de “vida abundante”? Que dizer dos que julgam viver uma “vida abundante” mas não conhecem Jesus e parecem não ter o menor interesse em conhecê-Lo? Como entendemos esse fenômeno, especialmente quando todos conhecemos cristãos que estão sofrendo terrivelmente agora? Veja 2Co 4:18.

“Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.”




Estudo adicional

O famoso livro de Ellen White, Caminho a Cristo, trata da nossa vida em Cristo. Se, no contexto da lição desta semana, alguém precisasse escolher um capítulo em especial, bem poderia ser o capítulo 8: “Crescimento em Cristo” (p. 67-76). “Viver em Cristo é ter uma vida de descanso. Pode não haver êxtase de sentimentos, mas deve existir uma constante, serena confiança. Nossa esperança não está em nós mesmos; está em Cristo. Nossa fraqueza se acha unida à Sua força, nossa ignorância à Sua sabedoria, nossa fragilidade ao Seu eterno poder. Não devemos, pois, olhar para nós mesmos, nem permitir que o pensamento demore no próprio eu, mas olhar a Cristo. Que o pensamento se demore em Seu amor, na formosura e perfeição de Seu caráter” (p. 70).

1. Quando as pessoas se tornam severamente incapacitadas ou contraem alguma doença terminal, a pergunta que se faz frequentemente é se sua vida ainda tem “qualidade”. Vida com qualidade deve ser definida principalmente em condições físicas, ou outros aspectos também são importantes ou, possivelmente, ainda mais essenciais? Como a compreensão da origem da vida influencia nossa resposta?

2. Para muitos, o lúgubre espectro da morte elimina todo significado e propósito da vida. Afinal, se, mais cedo ou mais tarde, todos morremos e seremos esquecidos, o que significa esta vida? Como Jesus respondeu a essa pergunta e eliminou essa preo­cupação?

3. Que aspectos de nossa ­­cultura contemporânea tiram o pleno significado da vida? Isto é, que ideais e valores morais, promovidos em nossos dias, reduzem a vida a algo menor do que deveria? Como cristãos adventistas, como podemos responder a esses desafios?

4. Como nossa mensagem de saúde e princípios de vida podem promover a promessa de “vida abundante”? É possível enganar a nós mesmos a respeito dessa promessa?

Resumo: O estudo desta semana destacou a vida “plena” ou “abundante” encontrada em Jesus Cristo. É uma vida desfrutada com responsabilidade, dando tanta atenção quanto possível à vida física. É também uma vida de relacionamento, pois Deus criou os seres humanos para viver em comunhão uns com os outros. Acima de tudo, é uma vida totalmente renovada em Jesus, e que será transformada e aperfeiçoada pela graça de Deus.
Lúcia Izidoro

O amor não pesa!!!




Nada me pesa hoje. A não ser o amor. Mas o amor não pesa. Levanta pesos, afasta questionamentos, abre a janela, enriquece a alma, faz milagres de transformação. Hoje, por exemplo, antes que o olhar alcance o muro, a chaminé da fábrica, a poluição, o amor me faz ver o jardim, e sentir que é um pouco meu, com suas roseiras e companheiras que se balançam ao vento... Um vento bom, que não levanta pó, e refresca o ar e a alma da gente. E é, então, que me volta o pensamento: será o vento que balança a flor ou será a flor que se balança ao vento? Isso tem importância?Claro. Toda descoberta é importante: se é a flor que se balança, tem que estar atenta e até ansiosa; mas se ela apenas se inclina, para lá, para cá,à vontade desse vento que ela nem sabe
e onde vem, nem para onde vai, é apenas uma questão de sensibilidade, confiança, entrega total.Isso é lá com a flor.E comigo, também.Porque, nessa manhã de bem e luz, a harmonia que me faz cantar assim é a paz de Deus reinando em mim!










Lúcia Izidoro











Lúcia Izidoro

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Veneração ao “Galo” e à “Santa” no Sertão Nordestino | Artigos | Chamada


Hoje, Renato tem 19 anos e é zelador da Pousada Água Doce. Daquele dia patético em que subiu de joelhos o Monte do Galo, guarda para o resto da vida uma cicatriz no joelho direito.


Uma nova trindade potiguar: o “Galo”, Jesus crucificado e “Nossa Senhora das Vitórias”.

“Monte do Galo”, com “santuário” fundado em 1927.

Marcos Nunes na Pedra do Dinheiro.


Veneração ao “Galo” e à “Santa” no Sertão Nordestino | Artigos | Chamada
“ Para que não vos corrompais e vos façais alguma imagem esculpida na forma de ídolo, [...] semelhança de algum animal que há na terra, semelhança de algum volátil que voa pelos céus” (Deuteronômio 4.16-17).

A história que vou narrar é coisa de nordestino escaldado pelo sol, sertanejo trabalhador, gente simples, cabra-da-peste e iludido pela igreja da maioria.

Conheço muitas cidades do interior nordestino e a maioria tem uma igreja católica na praça central e um cruzeiro no monte mais alto. É nossa herança portuguesa que vem dos tempos das caravelas.

Além dos cruzeiros, visitei nos topos dos montes em Juazeiro do Norte, no Ceará, e Guarabira, na Paraíba, monumentais estátuas, respectivamente do padre Cícero Romão Batista (veja o artigo Uma Viagem ao Caldeirão da Idolatria) e do frei Damião (veja o artigo Misericórdia! Querem Canonizar o Frei Damião). Esses homens tornaram-se verdadeiros “santos milagreiros” para os católicos nordestinos. No entanto, o querido pastor Josenildo Virgolino, que tem um ministério em áreas inóspidas do nosso sertão, certa ocasião me falou que deveria conhecer a pequena cidade de Carnaúba dos Dantas, no Rio Grande do Norte, pois lá os potiguares adoravam algo diferente sobre o monte principal – um galo! Fiquei curioso e indaguei: “Ôxente? Adoram um galo?” Pensei com meus botões: isso é coisa mais para a Índia do que para o Brasil. Entrei em devaneio: “Será que temos uma conexão secreta indiana em pleno interior nordestino?”

Passei mais de um ano, sempre que tinha uma folguinha, estudando sobre essa cidade e me programei para conhecer aquela paragem na semana dita “santa” de 2006. No dia programado, imprimi da internet um mapa rodoviário daquela localidade, arrumei minha mochila, sem esquecer de incluir a máquina fotográfica digital do meu filho Renato e fui com Marcos Nunes, um irmão em Cristo, passar três dias na Região do Seridó, conferindo os fatos.

Viajamos mais de 500 quilômetros, do Recife a Carnaúba dos Dantas, e nos hospedamos na Pousada Água Doce, oficialmente a única no povoado. A reserva foi feita na base do “deixar recado”, já que a pousada não tem linha telefônica e internet ali é bicho de sete cabeças. Deixei o recado ao telefone da prefeitura, a prefeitura mandou alguém andando até a hospedaria e depois de uma semana liguei novamente para a prefeitura e me confirmaram a reserva de um quarto duplo. Nessas bandas do sertão do Seridó, a palavra do homem ainda vale tanto quanto um documento autenticado em cartório. Tudo saiu a contento.

A pousada é um casarão mimoso e aconchegante com sete quartos forrados a gesso. Cada quarto com um ventilador em cima de uma cômoda, com banheiro sem chuveiro elétrico (e quem precisa de água quente nesse sertão?). Nem o calor de lascar, a falta de ar-condicionado e a ausência de frigobar me incomodaram. Estava feliz por estar ali, pois essa hospedagem fica localizada bem aos pés do Monte do Galo, exatamente onde queria estar, no fuzuê da romaria.Carnaúba dos Dantas: sítios arqueológicos com pinturas rupestres e lendas sobre vários montes da região

É uma pena que apenas poucos brasileiros conheçam essa região, cercada de serras, ao sul do Rio Grande do Norte, a 227 quilômetros da capital Natal. É uma cidade cercada de uma paisagem encantadora, rica em belezas naturais, com menos de 7.000 habitantes, onde quase todos são parentes e se conhecem bem.

O município possui dezenas de sítios arqueológicos catalogados com suas pinturas rupestres e isso tem atraído algumas universidades nordestinas que ali fazem pesquisas.

Lá existe a Serra das Rajadas com fontes de água no seu sopé. Conta-se a lenda que um carneiro dourado salta do cume da Serra das Rajadas para a Serra do Marimbondo e que existe um tesouro incrustado na serra.


Marcos Nunes na Pedra do Dinheiro.



Há também a Pedra do Dinheiro. Diz a lenda que os antigos moradores da região viam, à noite, um carneiro de ouro encantado no topo da Pedra e que ao redor dela há várias botijas de ouro enterradas. Fui até lá, mas devo ter chegado atrasado, pois não encontrei nenhuma botija para levar comigo.

No entanto, o monte mais famoso é o antigo “Serrote Grande”, que depois passou a ser chamado “Serrote do Galo” e hoje “Monte do Galo”, com “santuário” fundado em 1927. Conta-se várias histórias sobre esse monte. Uma delas registra que há muito tempo vaqueiros, tropeiros e viajantes que passavam por essas bandas ouviam o estridente canto de um galo vindo do topo do “Serrote Grande”. Isso os deixava assustados, pois ali não havia casas e nem habitantes. Algum tempo depois, pulou uma cabra do cume do Serrote, desaparecida há uma semana, sem sofrer qualquer dano em conseqüência da queda. Essa história do canto do galo e do salto da cabra passaram a disseminar-se pela região e, assim, devotos começaram a considerá-lo um “monte santo”.

Uma nova trindade no“santo” Monte do Galo

É bom repetir que o nome do monte é do “Galo” e não da “Santa”.


O autor iniciando a subida da rampa de acesso ao Monte do Galo (ao fundo).



Marcos Nunes e eu subimos o monte, juntamente com centenas de romeiros, às 09h20min da manhã ensolarada da sexta-feira da paixão. É uma infra-estrutura bem montada com uma rampa, com piso cimentado, de mais ou menos um quilômetro, que vai tornando-se cada vez mais íngreme à medida que nos aproximamos do topo.

Ao longo da rampa, do lado direito ficam as estações da via sacra católica com locais para os fiéis depositarem suas ofertas. Do lado esquerdo, terços, artesanatos, santinhos, blusas, bonés, água mineral, entre outras bugigangas, estão à venda nas barracas. O artesanato mais comum é uma réplica em miniatura do topo do monte, em madeira, com o “Galo”, Jesus crucificado e “Nossa Senhora das Vitórias”: uma nova trindade católica potiguar.

Quando a rampa termina, é necessário enfrentar dois lances de escadas com dezenas de degraus (e haja fôlego!) que culminam diante de três estruturas: à nossa esquerda temos Jesus crucificado com “Nossa Senhora das Vitórias” aos seus pés, no centro um cruzeiro e à direita a “gloriosa” estátua do galo branco com crista vermelha. Além dessas estruturas, no cimo do monte existe uma capelinha e a sala dos ex-votos onde os romeiros deixam objetos como agradecimentos pelas bênçãos alcançadas. É esse o principal ponto turístico religioso do Rio Grande do Norte onde anualmente milhares de pessoas vêm pagar promessas e agradecer as bênçãos recebidas.


Uma nova trindade potiguar: o “Galo”, Jesus crucificado e “Nossa Senhora das Vitórias”.



Trata-se de um verdadeiro santuário de romaria dos seridoenses. Observamos muitas pessoas venerando e pagando promessas à “Santa”. O “Galo” tem uma altura mediana de 1,55 metros e está localizado em cima de uma estrutura rochosa alta que apenas pessoas fisicamente bem condicionadas conseguem escalar. Enquanto estivemos no topo do monte, vimos várias pessoas admirando o “Galo”, mas não vimos ninguém adorando-o abertamente, até porque não existe nenhum local onde se possa ficar de joelhos diante do “Galo”.

Dá para perceber que toda a romaria gira em torno do “Galo” e do seu monte “santo”. É uma galomania! É como se o “Galo” fosse o ator principal, a “Santa” uma atriz coadjuvante e Jesus apenas um atorzinho figurante.

Infelizmente, a veneração e adoração ao “Galo” existem

Ao descer o Monte do Galo, entrevistei calmamente, durante os dois dias seguintes, quinze pessoas. Cinco eram líderes católicos: dois casais e uma solteirona, todos com mais de 50 anos de idade. Os outros dez eram evangélicos com menos de 45 anos de idade.

Todos subiram, pelo menos algumas vezes, o Monte do Galo. Todos agradeceram a “Santa Nossa Senhora das Vitórias” por bênçãos alcançadas ou pagaram promessas à “Santa”. Apenas um dos quinze pesquisados confessou ter feito também um pedido ao “Galo”. Extrapolando a minha minguada pesquisa para um universo maior, podemos inferir que uma em cada quinze pessoas que sobe o morro faz pedido ao “Galo”. Ou seja, 6,6% dos romeiros locais veneram o “Galo”. Esse percentual, na verdade, deve ser bem maior, uma vez que a veneração e o pedido ao “Galo” não são públicos e, sim, mentais (o romeiro os faz de forma disfarçada, para não ser ridicularizado). Por exemplo: presenciei dezenas de pessoas venerando a “Santa” e dezenas de outras apenas admirando o “Galo”. Não tenho a mínima idéia do que esse segundo grupo pensava enquanto contemplava o “Galo”. Só Deus sabe se estavam ou não venerando-o.


Marcos Nunes chegando ao topo do Monte do Galo.



Renato José da Silva é natural de Carnaúba dos Dantas, nasceu no dia 19 de abril de 1987 e, como todos os outros entrevistados, é oriundo de uma família tradicionalmente católica. Aos dez anos de idade foi vítima de um traumatismo no olho esquerdo, causado por um guidom de bicicleta. Renato narra que sua mãe (Maria do Socorro da Silva) correu à igreja católica e pediu ao padre que rezasse para que o filho não perdesse a visão. O padre rezou e orientou que o menino Renato deveria subir o monte de joelhos e rezar “cinqüenta ave-marias e cinqüenta padre-nossos”. Ao chegar em casa, sua mãe lhe fez uma mortalha, um tipo de túnica, ele subiu de joelhos até o topo e lá rezou suas cem preces para a “Santa” e para o “Galo”. Insisti, perguntando se foi o padre que orientou a sua mãe a instruí-lo a rezar simultaneamente à “Santa” e ao “Galo”. Ele respondeu que não sabe se foi o padre, mas que ao chegar lá em cima, mentalizou suas preces tanto para a “Santa” como para o “Cocoricó”, e que tinha certeza que rezou a quantidade certinha, pois contou tudo no terço que tinha nas mãos. Perguntei-lhe se solicitou alguma bênção. Renato relatou que, a mando da sua mãe, pediu à “Santa” e ao “Galo” para “abençoar sua família e que nunca permitisse que ele viesse a ingerir bebidas alcoólicas”.

No entanto, a “Santa” e a “Ave Galinácea” de concreto são fracos, pois Renato relata que aos 15 anos de idade, enquanto brincava com amigos, tomou um porre que totalizou cinco litros de cachaça em uma só noite. Nem o macho da galinha suportaria uma dose dessas!

Renato aceitou Jesus como seu Salvador pessoal há dois anos e está preparando-se e muito desejoso para ser batizado e fazer sua pública profissão de fé na igreja batista local.




Renato José da Silva: “Cinqüenta
ave-marias e cinqüenta padre-nossos para o Galo e a Santa”. Seta preta
indicando a cicatriz no seu joelho
direito.



Hoje, Renato tem 19 anos e é zelador da Pousada Água Doce. Daquele dia patético em que subiu de joelhos o Monte do Galo, guarda para o resto da vida uma cicatriz no joelho direito. Perguntei se estava animado e firme na sua nova fé e prontamente me respondeu: “Em nome de Jesus!” Mais tarde, naquela mesma noite, sentou-se na cadeira ao meu lado no terraço da pousada, enquanto observávamos um toró com relâmpagos e trovões, abriu orgulhosamente sua Bíblia novinha e leu para mim Josué 1.8, que diz: “Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido”. Que Deus te proteja, te abençoe e te conserve no caminho dEle, Renato!

Liderança religiosa opina sobre a veneração ao “Galo”

Marcos Nunes e eu fomos conhecer a senhora Maria Lúcia de Medeiros, conhecida na cidade como “Taúta”, que completa 70 anos em 2006 e que nos recebeu espontaneamente e de bom grado em sua residência para uma entrevista. Solteirona, simpática, devota de São José (o padroeiro da cidade) e de N. S. das Vitórias (padroeira do monte), auxiliar da pastoral da criança, catequista desde os 13 anos de idade e ministra extraordinária da eucaristia, é uma referência católica na cidade.

Impedida pela artrose nos membros inferiores, hoje não consegue mais subir o Monte do Galo para venerar a “Santa”. Perguntei, entre outras coisas, se a igreja católica considerava o “Galo” um santo. Dona “Taúta” assegurou-me: “O lugar do monte é santo, mas o galo não. E a veneração é só a Nossa Senhora das Vitórias”.

Perguntei se corrigiria algum romeiro que afirmasse para ela que subiu o monte e venerou a “Santa” e o “Galo”. Respondeu-me: “Se o romeiro tem fé no Galo, tudo bem. Não iria corrigir o romeiro do Galo. Não iria dizer que ele estava errado. Eu respeitaria a fé do romeiro, mesmo não concordando com ela”.

Em seguida, fomos até um minúsculo povoado chamado Ermo (nome bastante sugestivo para o local) pertencente a Carnaúba dos Dantas e localizado a dez quilômetros de distância. No Ermo quase não existe asfalto nem pressa, as pessoas têm uma prosa mansa, gostosa e a vida parece passar lentamente por ali.

Lá conhecemos o casal Francisco Adelino Filho e Maria de Lourdes Adelino, casados há 38 anos, que reside em uma casa construída em 1868 (hoje bastante reformada). Eles afirmam ter hospedado algumas vezes o famoso e polêmico frei Damião (1898-1997). Identificamo-nos e o casal também nos recebeu espontaneamente em sua residência para uma rápida entrevista. Francisco contou orgulhosamente que seu pai foi quem doou o terreno para a construção da igreja católica local, que foi fundada em 1937.


O pastor Silvany com sua esposa Maria do Socorro e sua filha Vanessa.



Hoje, devido a problemas de saúde, o casal não consegue mais subir o Monte do “Galo”. Porém, Francisco não deixa passar a oportunidade de dizer que subiu o monte de joelhos, à época em que a subida era de barro, para pagar uma promessa à “Santa” por uma graça alcançada. Tinha ficado curado de uma “bronquite asmática”, assegura.

Maria de Lourdes Adelino é devota de “Nossa Senhora das Graças”, auxiliar da pastoral da criança, catequista, ministra extraordinária da eucaristia e conhecida no povoado como uma católica fervorosa.

Fiz a esse casal a mesma pergunta feita a dona “Taúta”: se corrigiria o romeiro que declarasse para eles que subiu o monte e venerou a “Santa” e o “Galo”. Responderam-me: “Não corrigiríamos o romeiro que adorou o galo, respeitaríamos a sua fé. Mas, esperaríamos que no futuro pudéssemos ter uma oportunidade de educá-lo na veneração correta”.

Consultamos também o pastor batista local, Silvany da Silva, que tem um ministério na região do Seridó há quase uma década. Perguntamos se havia realmente a veneração ao “Galo” no monte e Silvany foi bastante direto: “Ninguém viaja para cá só para subir um monte e ver uma santa, isso existe em muitas outras cidades! O foco aqui é o galo! O monte é do galo! Na mente do romeiro, o referencial de milagre, bênção e promessa alcançada é mesmo o galo!”

Concluímos, portanto, que a adoração ao “Galo” de fato existe, mas é clandestina e praticada pelos romeiros mais humildes. No entanto, o mais grave é que a igreja católica local não censura publicamente esse tipo de veneração.

A igreja católica não apóia, mas também não censura

Que tempo esse em que vivemos! No sertão nordestino estamos diante de acontecimentos inexplicáveis, ou melhor, “explicáveis” demais.

É claro que, muitas vezes, a mentira foi a base do sistema político-religioso da igreja católica, infiltrada nos labirintos do Vaticano. Claro que não nos esquecemos da Inquisição, das indulgências, do apoio camuflado do papa Pio XII a Adolf Hitler e de uma enxurrada de padres pedófilos. Freqüentemente, as leis católicas até parecem proteger os crimes e regulamentar os conteúdos dos seus próprios intestinos.


O autor com sua mão direita na
abertura da “Caixa das Almas”.



Os fatos reais: no topo de um monte em Carnaúba dos Dantas existe a adoração a um “Galo” em área “santificada” pela igreja católica e ela não manda retirar nem a “Santa” nem o “Galo” de lá. A igreja age como uma psicopata, nega e ignora que exista uma veneração ao “Galo”. E quando alguém confessa que adorou a ave, faz vista grossa e não corrige o ingênuo. Parece que não é necessário dar alguma racionalidade à adoração. Deixando do jeito que está, as romarias estão trazendo bons dividendos para a Igreja Católica Apostólica Romana.

Ao lado da estrada, em uma das entradas da cidade, existe até uma caixa de concreto a “Nossa Senhora das Vitórias” com uma abertura onde o romeiro pode deixar a sua oferta e o seu pedido. Pela abertura dá para depositar, mas é praticamente impossível retirar alguma coisa de dentro da caixa, a não ser para quem tem a chave da sua portinha. Os moradores locais chamam-na de “caixa das almas” por poderem deixar uma oferta ou pedido em prol da alma de um ente querido.

Infelizmente, a igreja da maioria parece querer o romeiro cada vez mais burro e submerso no maremoto de mentiras. Enquanto isso, o tilintar das moedas continua bem-vindo na igreja e o “Cão” (ops!), digo, o bicho no cume do monte continua agindo livremente.

O “Cocoricó” versus Jesus Cristo

Ah! Como a Palavra de Deus é farta no quesito de reprovação à idolatria.


Um grupo de irmãos em Cristo, oriundos do catolicismo roxo, hoje convertidos ao Senhor Jesus, saindo da igreja para evangelizar a cidade. Blusas laranjas com o título do livro de Norbert Lieth: “Conheça Jesus: Único, Incomparável, Maravilhoso”.



Qualquer evangélico que já viu a estátua do padre Cícero, em Juazeiro do Norte; a do frei Damião, em Guarabira e a do Galo, em Carnaúbas dos Dantas, faz quase imediatamente uma analogia daqueles locais com o bezerro de ouro descrito no livro do Êxodo, capítulo 32. Tememos sobre as conseqüências desses atos de idolatria, quando lemos: “Então, disse o Senhor a Moisés: Vai, desce; porque o teu povo, que fizeste sair do Egito, se corrompeu e depressa se desviou do caminho que lhe havia eu ordenado; fez para si um bezerro fundido, e o adorou, e lhe sacrificou, e diz: São estes, ó Israel, os teus deuses, que te tiraram da terra do Egito. Disse mais o Senhor a Moisés: Tenho visto este povo, e eis que é povo de dura cerviz. Agora, pois, deixa-me, para que se acenda contra eles o meu furor, e eu os consuma; e de ti farei uma grande nação” (Êxodo 32.7-10).

Esses memoriais de concreto armado são inúteis para nos salvar. “Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens. Têm boca e não falam; têm olhos e não vêem; têm ouvidos e não ouvem; pois não há alento de vida em sua boca. Como eles se tornam os que os fazem, e todos os que neles confiam” (Salmos 135.15-18).

O já citado pastor Silvany da Silva sentencia: “As romarias têm sido uma grande cadeia que o diabo lança sobre o povo sertanejo. O diabo tem feito do sertão nordestino um laboratório de desgraças e destruição moral, ética e espiritual. Durante anos a igreja católica tem mantido o povo oprimido e preso à miséria e à autoflagelação. Muitos sertanejos já perderam suas vidas fazendo romarias, viajando centenas de quilômetros em cima de caminhões, a pé e de joelhos (pagando alguma promessa). Outros doaram suas terras à paróquia da sua cidade. Missas, casamentos e batizados sempre são pagos pelos fiéis”.

Há cerca de duzentas pessoas em Carnaúba dos Dantas que já escolheram Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal, segundo as estatísticas do próprio pastor Silvany da Silva. Não dobram mais os joelhos diante de “Santo”, “Santa”, “Galo” ou qualquer outra imagem de escultura. Pessoas que introverteram a Palavra de Deus e vivem obedecendo-a dia a dia: “Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem embaixo na terra, nem nas águas debaixo da terra” (Êxodo 20.4).

Conheci um pequeno grupo desses fiéis, numa tarde de sábado, antes de sairem para evangelizar de porta em porta pela cidade. Ouvi testemunhos marcantes de alguns deles (todos sofreram perseguições após suas conversões) e tirei fotos do grupo – nossos heróis na fé. Alguns usavam blusas de cor laranja naquela tarde com o título do livro do Norbert Lieth estampado nelas – “Conheça Jesus: Único, Incomparável, Maravilhoso”. Segundo Silvany, eles copiaram os dizeres do site da Chamada da Meia-Noite.

É minha sincera oração que este artigo possa gerar intercessores pelo mundo afora em favor desses nossos irmãos em Cristo lá da região do Seridó. Você que acabou de ler esta matéria, que tal gastar agora alguns minutos em oração, clamando ao único Deus que vê, ouve e responde nossas súplicas em prol daqueles irmãos seridoenses?

Quanto aos iludidos pela igreja da maioria, é também minha oração que se libertem rapidamente desse jugo, pois essa história de “Santa” e “Galo” “não é sabedoria que desce lá do alto; antes é terrena, animal e demoníaca” (Tiago 3.15). Ao nosso Deus toda a glória e honra, amém! (Dr. Samuel Fernandes Magalhães Costa)

Publicado anteriormente na revista Chamada da Meia-Noite, julho de 2006.
Lúcia Izidoro

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Debates

Debates acalorados marcam tramitação de proposta contra homofobia


Pastor Silas Malafaia entrega manifesto de cristãos contra o PL 122/2006 em Brasília



Na semana passada, o site oficial do Senado citou artigo deste blogueiro, escrito em 2007. Confira neste blog e na própria fonte (aqui).
__________

"Durante o período em que tramitou na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), o PLC 122/06, que criminaliza a homofobia, foi debatido em uma acalorada audiência pública. Nem mesmo as rosas brancas distribuídas na ocasião por militantes da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT) arrefeceram a polêmica.

Presente ao debate, Ivair Augusto dos Santos, representante da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, defendeu a aprovação da proposta argumentando que os homossexuais convivem rotineiramente com a discriminação e a violência. A cineasta Tizuka Yamasaki, que tem um filho gay, também argumentou que a proximidade afetiva tem o poder de cortar a barreira da discriminação.

Mesmo condenando atos discriminatórios contra homossexuais, representantes de grupos católicos e evangélicos defenderam a rejeição do projeto. Para o assessor da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) Paulo Leão, além de inconstitucional, o projeto atentaria contra a liberdade de opinião. Opinião semelhante foi manifestada pelo reverendo Guilhermino Cunha, para quem a livre manifestação de afeto por homossexuais em locais públicos, como garante o projeto, feriria a Constituição e o Código Penal.
Na ocasião, a senadora Ideli Salvatti (PT-SC) sustentou que as desigualdades não serão superadas se as diferenças não forem encaradas com fraternidade e respeito. Para a senadora Patrícia Saboya (PSB-CE), quem discrimina homossexuais deve ser punido com rigor. Também se declararam a favor do projeto os senadores Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) e Serys Slhessarenko (PT-MT).

Contrário à aprovação do texto, o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) defendeu a revisão de alguns pontos a partir de negociação entre as partes. O senador Magno Malta (PR-ES) avaliou a proposta como “draconiana”, afirmando que a mesma seria inconstitucional.

Enquanto o projeto tramita no Congresso, as manifestações favoráveis e contrárias à proposta ganharam a internet. Diversos espaços de discussão foram criados na rede mundial de computadores, entre os quais os sites do movimento Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros (https://www.naohomofobia.com.br) e o da União de Blogueiros Evangélicos (http://www.ubeblog.com/2007/11/pl-1222006-votem-contra-todos-os.html)".

E.A.G.


Fonte: Silvia Gomide / Agência Senado

Mulher Uma Jóia Cintilante


“O seu valor muito excede ao de rubis.” (Provérbios 31:10b)
A mãe do rei Lemuel, mulher sábia, aconselhava seu filho sobre o tipo de mulher que é bela aos olhos de Deus. A lição que ela dá ao filho, enfatiza as muitas qualidades que uma mulher virtuosa tem e, agora, ela a compara a rubis, a pedras preciosas, a finas jóias dizendo:“O seu valor muito excede ao de rubis”.
O rubi é uma pedra de cor vermelha, muito preciosa. Os rubis grandes, por serem raros, são considerados mais valorosos do que diamantes com o mesmo peso. A mulher virtuosa é, realmente, de muitíssimo valor e muito rara. Você, como filha de Deus, não quer estar incluída no rol de “mulheres virtuosas? De mulheres cujos valores excedem ao de rubis?Na verdade, a vida em Israel, no tempo desta mulher, era difícil, árdua mas ela, para seu marido, para seus filhos, para seus servos... era uma jóia rara, um tesouro de muito valor.
Como Ser Bela
A minha responsabilidade como filha de Deus, como mulher virtuosa que desejo ser é “levar beleza à vida de meu marido e de meus filhos à medida que lutamos juntos para sobreviver.” Mesmo quando estiver passando por momentos difíceis de tristeza e de luta, devo iluminar o meu lar com a força e a graça que, pela fé, estou adquirindo de Deus, diariamente.Se desejo de todo o coração ser este rubi, esta fina jóia, então devo deixar o Deus que me criou, me lapidar, diariamente, para que o meu brilho se intensifique cada vez mais e eu possa iluminar tanto minha vida quanto a daqueles que me cercam – meu marido, meus filhos, meus pais, irmãos...
Para que eu seja uma mulher bela aos olhos de Deus, uma fina jóia, um rubi, tenho que estar atenta às seguintes sugestões:

1. Aperfeiçoe sua habilidade – Preciso aprender e aumentar meu conhecimento sobre como dirigir melhor o meu lar. Cuide do lar – Saber cuidar do lar é um dom que todas nós deveríamos ter. Mas, se não o temos, devemos pedir a Deus que nos transforme para que possamos ter mais esta característica que é própria da mulher bela a Seus olhos.Hoje em dia, saber cuidar do lar é coisa rara entre as mulheres que estão mais preocupadas em trabalhar fora e esquecem da sua função de dona de casa, de mãe e de esposa.
Administre o dinheiro – A mulher virtuosa, a que é bela aos olhos de Deus, a que é mais preciosa que o rubi, é, também, parcimoniosa, econômica. Ela sabe pagar contas (e as paga em dia, evitando multas), sabe controlar talões de cheque, conferir extratos bancários, transferir uma aplicação que está na poupança para uma aplicação que está rendendo melhor, sabe lidar com cartões de crédito... Ufa! Esta, também, é outra característica digna de uma mulher virtuosa, bela aos olhos de Deus.
Administre o tempo – Em Efésios 5:16 o Senhor nos diz que devemos remir o tempo.“Administrar o tempo diligentemente é a chave para dirigir o lar (e a vida!) com tranqüilidade.”Que tal planejarmos, diariamente, o que vamos fazer? Se você não sabe planejar o seu dia, então, procure ler livros sobre o assunto ou converse com mulheres que são eficazes nesta área.
2. Desenvolva habilidade emocional –A mulher sábia tem auto-controle. E, para que eu alcance este alvo de me tornar uma mulher bela aos olhos de Deus, tenho que tratar as pessoas que estão, ou não, em contato diário comigo, com amabilidade, doçura e respeito.A mulher rixosa, sem auto-controle, mal-humorada é para o marido“como podridão nos seus ossos” (Provérbios 12:4). E, também, para ele “é melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira uma mulher briguenta.” (Provérbios21:9).Que tal eu e você, agora, fazermos uma auto-análise e vermos se somos, ou não, este tipo de mulher? Se descobrirmos (se é que já não sabemos!) que, realmente, somos esta mulher nada agradável (Deus pode; através da Palavra ou dando a você certeza em seu coração) devemos orar ao Senhor, agora, sem perda de tempo, para que Ele mude esta nossa índole, mude o nosso caráter:
Domine a arte de ser tolerante – Somente com a ajuda de Deus é que posso dominar esta característica que deve fazer parte da vida da mulher virtuosa – esta que eu quero ser.Realmente, ser uma mulher tolerante é ser resignada, é ser como um soldado quando está marchando que, mesmo com dificuldades na jornada, continua marchando.A Palavra de Deus diz: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13).Que bom saber que posso enfrentar mais um desafio com a força que Cristo me dá!
Domine o seu temperamento – Muitas de nós possuem um “pavio curto”, não têm auto-controle, são “cabeças-quentes”. Mulheres belas aos olhos de Deus com estas características? Com certeza, esta é uma área muito difícil de ser mudada, mas não impossível! Graças a Deus Provérbios 21 nos diz: “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o seu querer.” Nós não somos o rei mas somos filhas do Rei e nosso coração também está nas mãos do Senhor que poderá mudá-lo.Quando se refere a temperamento, a Palavra de Deus nos diz o seguinte sobre a mulher que é forte:“.
Ela tem ânimo sereno (Provérbios 14:30)..
Ela sabe como esperar (Provérbios 19:2)..
Ela não discute (Provérbios 19:11)..
Ela tem domínio próprio (Provérbios 25:28).”
Aos nossos olhos, a mulher com todas estas características é realmente um sonho mas um sonho que é possível de ser alcançado. E esta nossa maneira de pensar está errada, pois Deus, com certeza, irá nos ajudar se colocarmos em nossos corações o desejo de mudar. Trabalhemos “dia após dia, incidente após incidente, desafio após desafio, durante a vida toda para incutir em nós a divina beleza, um reflexo de Sua imagem.
Domine sua língua – Eu e você desejamos, do fundo do nosso coração, nos tornar belas aos olhos de Deus. Mas como nos tornarmos essa mulher se não controlamos a nossa língua, se não somos sábias para dominá-la?
Se seguirmos de todo o coração e de toda a nossa vontade os conselhos que o Senhor nos dá no livro de Provérbios, seremos capazes de atingir o nosso alvo. Especificamente, o que precisamos fazer?“.
Falar menos (Provérbios 10:19) [Isto é, realmente, difícil, não é?].
Falar só depois de meditarmos sobre o que vamos dizer (Provérbios 15:28).[Outra coisa também muito difícil!]. Falar só o que é doce e agradável (Provérbios 16:21 e 24).[Com a ajuda do Senhor vamos conseguir!]. Falar só o que é bom e sábio (Provérbios 31:26).”
Um Convite à Beleza
Querida irmã, você quer ser realmente bela aos olhos de Deus, quer ser este rubi raro, mais precioso que o diamante? Então, coloque todo o seu ser, todo o seu coração nas mãos do Senhor que é o Lapidador de nossas vidas.Deixemos que Ele trabalhe e lapide cada pedaço nosso. Deixemos que Ele tire de nós todos os defeitos para que possamos brilhar tendo todas as nossas habilidades aperfeiçoadas, nossa estabilidade emocional controlada.Confiemos no Senhor e coloquemos diante d’Ele: nossos defeitos, nossa ansiedade em não sucumbir diante de problemas, para que brilhemos cada dia mais como uma jóia fina, e que o nosso valor exceda ao de rubis.
(Estudo parcialmente baseado no livro "Bela Aos Olhos de Deus" de Elizabeth George

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Fazendo a Diferença

Que mulher guerreira. Que mulher poderosa. Costumamos ouvir isso. É preciso admitir que algumas mulheres simplesmente tem um toque especial. Mulheres que fazem a diferença, que causam impacto. Mulheres que enxergam além dos obstáculos, recusando intimidar-se com as dificuldades. Mulheres que vão à luta dos seus objetivos.
Quando uma mulher deixa Deus dirigir, direcionar sua vida, ela sempre fará a diferença. Ela nunca passará despercebida. Eu poderia falar de muitas mulheres que fizeram a diferença na Bíblia: Raabe, Débora, Rute, Ester, Maria, Lídia...
Mas quero falar de uma garota sem nome, a menina cativa, que corajosamente falou de Deus a sua patroa, esposa de um general pagão, o leproso Naamã. O Relato, em 2 Reis 5, é conhecido.Essa menina foi levada como escrava..estava sozinha, sem família...tinha todo motivo para ser uma moça amargurada, infeliz, deprimida. Mas não é isso que observamos. Na 1º oportunidade ela fez a diferença.
* A Mulher ferida tem a especial capacidade de abrigar isso; o ressentimento. Será que tem alguém que passa todo o tempo sofrendo pelo que aconteceu em outra época? Pessoas que não se libertam disso se tornam duras, insensíveis, amargas.
Amiga, há alguma coisa pairando sobre você que precisa ser expulsa?
Quero lhe dizer que Deus tem o poder para apagar aquilo que a fez sofrer. O meu Deus conserta bonecas quebradas. Ele costura com mãos hábeis os sonhos rasgados. Se a sua vida estiver rebentada como o de uma boneca velha, recomendo que recorra a ele. Corra para Ele e permita que conserte sua alma. A coragem nasce das crises. Mulher, vc tem o poder. Ele está em você por meio de Cristo. Enxugue o rosto, endireite os ombros, levante a cabeça e sobreviva!!! Ninguém pode mudar o seu ontem, por mais terrível que ele tenha sido. Atualize a sua vida. Aquele que não olha para frente fica para trás. Eu oro para que tenha a coragem de suportar o que não puder mudar e seguir adiante.
Levante-se e ajude alguém. Vá fazer diferença na vida de outras pessoas. Você pode estar sofrendo agora, mas o melhor remédio é dar consolo a outros. Foi o que aquela menina cativa fez. Não permitiu que o ressentimento a endurecesse. Mas fez a diferença, naquela família, no País, e disse que Deus poderia curá-lo da lepra. Sua atitude mudou tudo!...Portanto, minha irmã tenha sempre uma atitude positiva, pense sempre o melhor. Conte com Deus! Ele sabe como acalmar a sua dor e produzir benção em meio a dores.
Lúcia Izidoro

sábado, 7 de novembro de 2009

"Sopra espírito" Tino


Lúcia Izidoro

Soray Moraes - Se tu quiseris crer

Tenor Márcio José E Leriel

Primeira apresentação de Márcio José no Raul Gil

"Memory" Leriel

Celine

Soraya Moraes

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Mulher instrumento de Deus

(Lc 8: 1-3 )
– A importância das mulheres na vida e no ministério do Senhor Jesus foi registrada por Lucas. -Estas mulheres ajudavam com seus bens ao Senhor e aos seus discípulos. -Eram instrumentos nas mãos de Deus par abençoar a vida e o ministério de Jesus.
- Essas mulheres “financiavam”, sustentavam o ministério do Senhor Jesus.
(Lc 1: 26-30 )
– Maria foi uma mulher usada como instrumento nas mãos de Deus.
- Maria foi uma mulher escolhida por Deus.
- Deus também te escolheu para ser um instrumento nas mãos Dele, aleluia!
- Você também é uma mulher escolhida por Deus.
- Mas para que você possa ser útil, ser uma benção tem que estar nas mãos de Deus.
- O que é um instrumento: objeto que serve para a execução de um trabalho.
- Deus tem um trabalho para você, Ele quer te usar, Ele tem algo para você realizar.
- Um instrumento para ser usado tem que estar nas mãos do instrumentista.
- O Instrumentista é aquele que maneja o instrumento.
- O instrumento por si só não tem vida, não serve para nada, mas quando ele está nas mãos do instrumentista ele se torna vivo, útil, para aquilo que ele foi feito.
- Assim é uma mulher que está nas mãos de Deus, se torna viva, útil, para aquilo que Deus a criou.
- Deus te criou para ser útil, te criou para ser usada por Ele, te criou para um propósito específico.
- Maria de Nazaré, foi usada por Deus para gerar Jesus, esse era o propósito específico.
- Quando o anjo aparece a Maria, é porque ela estava pronta para ser usada por Deus.
- Quando você estiver pronta Deus vai te usar, aleluia! Deus estava trabalhando em Maria, deixando ela pronta para ser usada.
- Deus está trabalhando em você, Ele está te preparando para te usar.
- Mas existem aquelas que já estão prontas e Deus está usando elas para o propósito.
- Deixe Deus trabalhar, moldar você para que Ele possa te usar. -V 38
– Maria diz: “Eis aqui a serva do Senhor”,... Colocou-se na posição de SERVA, mostrando humildade, submissão (se sujeitou). Deus usa as humildes, aquelas que se sujeitam a Ele.
-“Que se cumpra em mim...”: Mostra obediência, aceitou o chamado de Deus.
- Estava pronta para fazer o necessário para que à vontade de Deus se cumprisse.
- Deus usa as obedientes, aquelas que aceitam o chamado seja ele qual for.
- Usa aquelas que não escolhem o que fazer, mas aceitam aquilo que vem do Senhor.
- Maria enfrentou problemas, naquela época uma mulher solteira era condenada a morrer por pedradas, se aparecesse grávida. Mas Maria pelo costume judaico era como se fosse casada com José, pois o noivado para os judeus é levado a sério, é como se já estivessem casados, o que faltava era a celebração ou a confirmação do casamento e do ato sexual.
- Imagine Maria aparecendo e dizendo: Estou grávida! De quem? Do Espírito Santo! Quem é que iria acreditar? Até nos nossos dias se uma mulher aparecesse e falasse que estava grávida do Espírito Santo ninguém acreditaria! E José por ser o “marido” teria que atirar a primeira pedra, por isso ele planeja fugir, porque ele amava muito a Maria.
- Fora outros problemas que ela teria que enfrentar, falatórios, críticas, xingamentos.
- Mas ela enfrentou até a morte, porque era serva e nem pensou nas conseqüências e disse: “Eis aqui a serva do Senhor; cumpra-se em mim, segundo a Tua palavra”.
- Mostrou disposição em obedecer ao Espírito Santo, e você está pronta, custe o que custar? Maria achou graça diante de Deus, sua vida santa e humilde agradou a Deus.
- Tenha uma vida de oração, santa e humilde e você achará graça diante de Deus e Ele te usará.
Lúcia Izidoro

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Mulher,Uma Jóia cintilante

Mulher,uma jóia Cintilante
³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³³
“O seu valor muito excede ao de rubis.” (Provérbios 31:10b)
A mãe do rei Lemuel, mulher sábia, aconselhava seu filho sobre o tipo de mulher que é bela aos olhos de Deus. A lição que ela dá ao filho, enfatiza as muitas qualidades que uma mulher virtuosa tem e, agora, ela a compara a rubis, a pedras preciosas, a finas jóias dizendo:“O seu valor muito excede ao de rubis”.
O rubi é uma pedra de cor vermelha, muito preciosa. Os rubis grandes, por serem raros, são considerados mais valorosos do que diamantes com o mesmo peso. A mulher virtuosa é, realmente, de muitíssimo valor e muito rara. Você, como filha de Deus, não quer estar incluída no rol de “mulheres virtuosas? De mulheres cujos valores excedem ao de rubis?Na verdade, a vida em Israel, no tempo desta mulher, era difícil, árdua mas ela, para seu marido, para seus filhos, para seus servos... era uma jóia rara, um tesouro de muito valor.
Como Ser Bela
A minha responsabilidade como filha de Deus, como mulher virtuosa que desejo ser é “levar beleza à vida de meu marido e de meus filhos à medida que lutamos juntos para sobreviver.” Mesmo quando estiver passando por momentos difíceis de tristeza e de luta, devo iluminar o meu lar com a força e a graça que, pela fé, estou adquirindo de Deus, diariamente.Se desejo de todo o coração ser este rubi, esta fina jóia, então devo deixar o Deus que me criou, me lapidar, diariamente, para que o meu brilho se intensifique cada vez mais e eu possa iluminar tanto minha vida quanto a daqueles que me cercam – meu marido, meus filhos, meus pais, irmãos...
Para que eu seja uma mulher bela aos olhos de Deus, uma fina jóia, um rubi, tenho que estar atenta às seguintes sugestões:

1. Aperfeiçoe sua habilidade – Preciso aprender e aumentar meu conhecimento sobre como dirigir melhor o meu lar. Cuide do lar – Saber cuidar do lar é um dom que todas nós deveríamos ter. Mas, se não o temos, devemos pedir a Deus que nos transforme para que possamos ter mais esta característica que é própria da mulher bela a Seus olhos.Hoje em dia, saber cuidar do lar é coisa rara entre as mulheres que estão mais preocupadas em trabalhar fora e esquecem da sua função de dona de casa, de mãe e de esposa.
Administre o dinheiro – A mulher virtuosa, a que é bela aos olhos de Deus, a que é mais preciosa que o rubi, é, também, parcimoniosa, econômica. Ela sabe pagar contas (e as paga em dia, evitando multas), sabe controlar talões de cheque, conferir extratos bancários, transferir uma aplicação que está na poupança para uma aplicação que está rendendo melhor, sabe lidar com cartões de crédito... Ufa! Esta, também, é outra característica digna de uma mulher virtuosa, bela aos olhos de Deus.
Administre o tempo – Em Efésios 5:16 o Senhor nos diz que devemos remir o tempo.“Administrar o tempo diligentemente é a chave para dirigir o lar (e a vida!) com tranqüilidade.”Que tal planejarmos, diariamente, o que vamos fazer? Se você não sabe planejar o seu dia, então, procure ler livros sobre o assunto ou converse com mulheres que são eficazes nesta área.
2. Desenvolva habilidade emocional –A mulher sábia tem auto-controle. E, para que eu alcance este alvo de me tornar uma mulher bela aos olhos de Deus, tenho que tratar as pessoas que estão, ou não, em contato diário comigo, com amabilidade, doçura e respeito.A mulher rixosa, sem auto-controle, mal-humorada é para o marido“como podridão nos seus ossos” (Provérbios 12:4). E, também, para ele “é melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira uma mulher briguenta.” (Provérbios21:9).Que tal eu e você, agora, fazermos uma auto-análise e vermos se somos, ou não, este tipo de mulher? Se descobrirmos (se é que já não sabemos!) que, realmente, somos esta mulher nada agradável (Deus pode; através da Palavra ou dando a você certeza em seu coração) devemos orar ao Senhor, agora, sem perda de tempo, para que Ele mude esta nossa índole, mude o nosso caráter:
Domine a arte de ser tolerante – Somente com a ajuda de Deus é que posso dominar esta característica que deve fazer parte da vida da mulher virtuosa – esta que eu quero ser.Realmente, ser uma mulher tolerante é ser resignada, é ser como um soldado quando está marchando que, mesmo com dificuldades na jornada, continua marchando.A Palavra de Deus diz: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Filipenses 4:13).Que bom saber que posso enfrentar mais um desafio com a força que Cristo me dá!
Domine o seu temperamento – Muitas de nós possuem um “pavio curto”, não têm auto-controle, são “cabeças-quentes”. Mulheres belas aos olhos de Deus com estas características? Com certeza, esta é uma área muito difícil de ser mudada, mas não impossível! Graças a Deus Provérbios 21 nos diz: “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do Senhor, que o inclina a todo o seu querer.” Nós não somos o rei mas somos filhas do Rei e nosso coração também está nas mãos do Senhor que poderá mudá-lo.Quando se refere a temperamento, a Palavra de Deus nos diz o seguinte sobre a mulher que é forte:“.
Ela tem ânimo sereno (Provérbios 14:30)..
Ela sabe como esperar (Provérbios 19:2)..
Ela não discute (Provérbios 19:11)..
Ela tem domínio próprio (Provérbios 25:28).”
Aos nossos olhos, a mulher com todas estas características é realmente um sonho mas um sonho que é possível de ser alcançado. E esta nossa maneira de pensar está errada, pois Deus, com certeza, irá nos ajudar se colocarmos em nossos corações o desejo de mudar. Trabalhemos “dia após dia, incidente após incidente, desafio após desafio, durante a vida toda para incutir em nós a divina beleza, um reflexo de Sua imagem.
Domine sua língua – Eu e você desejamos, do fundo do nosso coração, nos tornar belas aos olhos de Deus. Mas como nos tornarmos essa mulher se não controlamos a nossa língua, se não somos sábias para dominá-la?
Se seguirmos de todo o coração e de toda a nossa vontade os conselhos que o Senhor nos dá no livro de Provérbios, seremos capazes de atingir o nosso alvo. Especificamente, o que precisamos fazer?“.
Falar menos (Provérbios 10:19) [Isto é, realmente, difícil, não é?].
Falar só depois de meditarmos sobre o que vamos dizer (Provérbios 15:28).[Outra coisa também muito difícil!]. Falar só o que é doce e agradável (Provérbios 16:21 e 24).[Com a ajuda do Senhor vamos conseguir!]. Falar só o que é bom e sábio (Provérbios 31:26).”
Um Convite à Beleza
Querida irmã, você quer ser realmente bela aos olhos de Deus, quer ser este rubi raro, mais precioso que o diamante? Então, coloque todo o seu ser, todo o seu coração nas mãos do Senhor que é o Lapidador de nossas vidas.Deixemos que Ele trabalhe e lapide cada pedaço nosso. Deixemos que Ele tire de nós todos os defeitos para que possamos brilhar tendo todas as nossas habilidades aperfeiçoadas, nossa estabilidade emocional controlada.Confiemos no Senhor e coloquemos diante d’Ele: nossos defeitos, nossa ansiedade em não sucumbir diante de problemas, para que brilhemos cada dia mais como uma jóia fina, e que o nosso valor exceda ao de rubis.
(Estudo parcialmente baseado no livro "Bela Aos Olhos de Deus" de Elizabeth George

Curiosidade Bíblica

O Rei David
<<>>

A festa de Shavuot é estreitamente ligada ao rei David, o salmista e pai da casa real, pois David nasceu e faleceu em Shavuot.

Quando David nasceu em Beit Lechem, na terra de Yehudá, no ano 2854 após a criação, ele estava distante apenas dez gerações de Yehudá, o quarto dos doze filhos de Yaacov (Jacó). David pertencia a principesca família de sua tribo, que deu a Israel príncipes e líderes. Um de seus antigos ancestrais, Nachshon, tornou-se famoso por ter sido o primeiro a entrar no Mar Vermelho quando este foi dividido para o povo judeu após a saída do Egito.

Desde então, Nachshon foi o mais honrado de todos os príncipes de Israel. Ele também sobressaiu-se ao ser o primeiro a levar oferendas ao Mishcan (Tabernáculo), o qual foi erigido no deserto no ano seguinte.

O bisavô de David, Boaz, foi o décimo juiz de Israel. Os juizes foram os lideres de Israel durante o espaço de tempo entre Yehoshua e o rei Shaul. Boaz regeu durante sete anos. Foi um dos homens mais eruditos de sua geração. Suas propriedades eram grandes, e sua generosidade bastante conhecida.

Através dos anos, as tradições da ilustre família, que provinham de Yehudá e Yaacov, foram mantidas por Yishai, pai de David. Era uma casa de erudição, devoção, benevolência, generosidade e fortuna. E as mais nobres características desses notáveis e famosos ancestrais foram outorgadas a David.

O rei David continuou o aprendizado tradicional da Torá, sendo o sucessor espiritual do profeta Shemuel. Ele cercou-se de um grupo de profetas e eruditos e, juntos, estudaram a Torá. Não ligava para os confortos materiais e mundanos que seu palácio real podia lhe oferecer e, diferentemente de outros reis, levantava-se antes do nascer do sol e cantava salmos em louvor a D'us, o Rei dos reis.

O rei David faleceu no Shabat que coincidia com a Festa de Shavuot, no ano 2924 (837 anos antes da Era Comum). Seu reinado durou quarenta anos (2884-2924); nos primeiros sete, ele reinou em Chevron (Hebron) sobre a tribo de Yehudá; e nos trinta e três restantes em Jerusalém, sobre todo Israel. Os profetas assinalam que Mashiach será um descendente de David, rei de Israel.

Lúcia izidoro

sábado, 10 de outubro de 2009

VENCENDO SEUS GIGANTES

Vencendo seus gigantes
Davi era apenas um rapazinho de “gentil aparência”. Ele já havia sido ungido como sucessor de Saul (apesar de Saul não saber disso). Também já trabalhava como escudeiro de Saul e ticava sua harpa para ele quando estava nervoso. ( diz o texto que DEUS já não falava com Saul e que um espírito maligno permitido por DEUS se apoderava dele).
Davi vai para o campo de batalha para levar comida aos seus irmãos que estavam no fronte. A guerra estava “travada” – pois o gigante Golias, soldado “campeão” dos filisteus sempre fazia uma proposta de uma luta de dois homens: ele e algum que se aventurasse a lutar contra ele. É nessa hora que Davi chega e ouve o desafio de Golias.
Você conhece a história. O pastorzinho vence o gigante! Mas qual o segredo? O que podemos aprender com Davi para vencer os nossos gigantes?
E quais são os seus gigantes? O medo? Algum vício? Pecado? Problema familiar? Sentimentos de amargura e vontade de vingança? Falta de perdão? Enfermidade? Existem muitos gigantes em nossas vidas. Como vencê-los?
Para vencer os seus gigantes...
1. Vá para o campo de batalha!
Davi não ficou em casa. Foi para o campo de batalha e entrou na briga para fazer a diferença.
E você? Quando vê os problemas (seus próprios gigantes) se aproximando, o que você faz? Enfrenta-os ou deixa que eles zombem de você?
2. Estude a situação.
Davi ficou perguntando para os soldados do que se tratava aquele desafio do Golias. Ele pesquisou tudo sobre ele ali mesmo na linha de frente. Começou a tecer comentário a respeito. Tanto fez isso que acabou despertando a raiva do seu irmão mais velho! Ele já estava traçando um plano para enfrentar aquele gigante!
E você? Quando tem um gigante para enfrentar procura estudar a situação? Pesquisa sobre o inimigo? Se, por exemplo, o seu gigante tem a ver com sentimento, procura ajuda com quem sabe tratar desse problema?
3. Não se deixe ser desencorajado!
O irmão mais velho de Davi ficou bravo com ele! Mandou-o voltar para casa. Disse que ele não servia para nada senão cuidar de ovelhas. O próprio Saul disse que ele não seria capaz de vencer um gigante soldado treinado para a batalha. Mas Davi Não se deixou convencer pelo desencorajamento. Foi em frente!
E você? Já foi desencorajado quando tinha um gigante para enfrentar? Qual foi a sua atitude?
4. Seja Otimista: tenha fé!
O que foi que Davi fez diante do desencorajamento? Foi otimista! Teve fé! Lembrou-se de outras ocasiões em que o Senhor o ajudou com um leão e um urso.
Quando você tiver um gigante para enfrentar: lembre-se de quantas vezes o Senhor já ajudou você, alimente a sua fé e seja otimista!
5. Lembre o Inimigo de quem luta por você!
O gigante Golias foi confrontado com uma verdade que ele não conhecia: quem iria lutar por Davi era o Senhor. Com essa ele não contava. Ele estava vendo apenas um rapazinho, mas era DEUS que adestrou o seu braço para a batalha!
E você? O Inimigo tem desdenhado de você? Lembrado o quanto você é frágil e pecador? Lembre-se: “Quando o Inimigo (o diabo) lembrar você do seu passado, lembre-o do futuro dele!”
6. Use o que você tem nas mãos!
Davi não quis usar a armadura do rei. Ele usou aquilo que já estava acostumado a usar. Sua funda (atiradeira), seu cajado, e sua bolsa de pastor com pedras dentro.
E você? Talvez DEUS já tenha dado a você o que precisa para vencer os seus gigantes! Use aquilo que você já tem para ganhar essa briga!
7. Lembre-se de quem você é filho!
Quando Saul viu Davi indo para lutar contra aquele grande soldado inimigo, perguntou ao seu auxiliar, Abner, quem era o pai de Davi. Ele queria saber simplesmente isso: de quem Davi era filho!
Quando você for lutar contra os seus gigantes, mostre a todos, principalmente ao Inimigo de quem você é filho: Mostre que você é um filho de DEUS! E, segundo a Bíblia, fomos feitos filhos de deus por causa do sacrifício de JESUS na Cruz.
O maior gigante, a perdição eterna foi vencido por JESUS na cruz! Lembre-se disso!

´LÚCIA IZIDORO

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

MULHER, VOCÊ É MUITO IMPORTANTE

A importância da mulher dentro do lar,é semelhanteao ao "sal"e"luz"
e "corpo de Cristo.Pois assim como o sal tem a finalidade de preservar os alimentos,
a mulher tem a dádiva divina de preservar e edificar sua casa (cuidando do esposo e dos seus filhos).Como luz tem a responsabilidade de ser fiel a família e manter acessa as chamas do amor dentro do lar. No corpo de Cristo,deve sempre manter unida
a família;como sacerdotisa do lar tem o dever de levantar de madrugada,para dar de comer a sua casa através da intercessão em oração e súplica diante de Deus.(Pv31.10)
Com meu amor, Lúcia Izidoro

DO CORAÇÃO, PROCEDEM AS SAÍDAS DA VIDA.

NÃO HÁ FRONTEIRA PARA O CORAÇÃO POIS PARA ELE AS PESSOAS QUE AMAMOS
SÃO TODAS VIZINHAS E SEM MUROS.
LÚCIA IZIDORO

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O meu Cálice Transborde de:(Sl 23.05)

Um cálice transbordante é um cálice cheio? Absolutamente.
O vinho atinge e derrama-se pelas bordas e derrama-se pelas beiradas.
A taça naõ é grande o suficiente para conter a quantidade. De acordo
Com o poeta Davi,nosso coração não é grande o suficiente para conter
As bençãos que Deus quer nos dar.Ele despeja,despeja até que elas
Literalmente fluam por cima da borda e se derramam sobre a mesa Aleluia!!!
Qualquer que seja a benção em seu copo ele transbordará.Com Ele, o bezerro
É sempre cevado;a alegria é indizível a paz, além do entendimento...
Não há relutância na benevolência de Deus.Você já noto?Deus quer que seu cálice
Transborde de Alegria,Graça,Paz,Amor,Misericórdia,Perdão.
Não deve seu coração Transbordar de Gratidão?
Que o Espírito Santo nos ilumine.
Lúcia Izidoro

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

De Deus Não se Zomba

Na Bíblia está escrito (Gálatas 6:7): "Não vos enganeis, de Deus não se zomba, pois tudo o que o homem semear, isto também ceifará".
Eis alguns homens:

JOHN LENNON: Alguns anos depois de dar uma entrevista a uma revista americana, disse: "O cristianismo vai se acabar, vai se encolher, desaparecer. Eu não preciso discutir sobre isso. Eu estou certo. Jesus era legal, mas suas disciplinas são muito simples. Hoje, nós somos mais populares que Jesus Cristo.(1966)" Lennon, depois de ter dito que os Beatles estavam mais Famosos que Jesus Cristo, recebeu cinco tiros de seu próprio fã;

TANCREDO NEVES: Na ocasião da campanha presidencial, disse que se tivesse 500 votos do seu partido (PDS), nem Deus o tiraria da presidência da república. Os votos ele conseguiu, mas o trono lhe foi tirado um dia antes de tomar posse.

BRIZOLA: No ano de 1990, quando houve uma outra campanha presidencial, disse que aceitava até o apoio do demônio para se tornar presidente. A campanha, quando acabou, apontou Collor como presidente e não mostrou Brizola nem em segundo lugar.

CAZUZA: Em um show no Canecão ( Rio de Janeiro ), deu um trago em um cigarro de maconha, soltou a fumaça para cima e disse: Deus essa é para você! Nem precisa falar em qual situação morreu esse homem.

O CONSTRUTOR DO NAVIO TITANIC: Na ocasião em que foi construído, apontaram-no como o maior navio de passageiros da época. No dia de entrar em alto- mar, uma repórter fez a seguinte pergunta para o construtor:" O que o senhor tem a dizer para a imprensa concernente a segurança do seu navio?" O homem, com um tom irônico, disse: "Minha filha, nem se Deus quiser ele tomba o meu navio". O resultado foi o maior naufrágio de um navio de passageiros no mundo.

MARILYN MONROE: Foi visitada por Billy Graham durante a apresentação de um show. Ele, um pregador do Evangelho, na época havia sido mandado pelo Espírito Santo àquele lugar, para pregar a Marilyn. Porém ela, depois de ouvir a mensagem do Evangelho, disse: "Não preciso do seu Jesus." Uma semana depois foi encontrada morta em seu apartamento.

BON SCOTE: Ex-vocalista do conjunto AC/DC. Cantava no ano de 1979 uma música com a seguinte frase: "Don´t stop me, I´m going down all the way, wow the highway to hell" (Não me impeça... Vou seguir o caminho até o fim, na auto-estrada para o inferno). No dia 19 de fevereiro de 1980, Bom Scote foi encontrado morto, asfixiado pelo próprio vômito.

Muitos outros homens importantes também se esqueceram que a nenhum outro nome foi dada tanta autoridade como a que há no nome de J E S U S.

Não esqueça disso: Muitos morreram, mas somente um ressuscitou: JESUS CRISTO

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Mulher

Mulher...
Tens sete sentidos
Sete chaves de poder
Mulher...
Mística flor, pétala serena
Seiva suave de uma árvore suprema
Indecifrável
Mulher...
Tens sete sentidos
Sete chaves de poder
Mulher...
Mística flor, pétala serena
Seiva suave de uma árvore suprema
Indecifrável

Meus Amores Lindos

Te Amooooo!!

Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

Heart 2Mensagens para Orkut< -

ORAÇÃO DA MULHER SEGUNDO O CORÇÃO DE DEUS!!!!

Senhor, ajuda-me a ser como:
Raquel a arte de fazer-me amar;
Joquebede o espírito de sacrifício e renúncia;
Débora a solidariedade e o estímulo;
Rute a dedicação e a bondade;
Ana a fé a fibra para cumprir o voto;
Mical astucia para usá-la no bem, não para o mal;
Abigail mensageira da paz;
Ester desinteressada e altruísta;
Maria pura e humilde;
Isabel regozijar com o bem alheio;
Marta disposição para o trabalho material;
Maria o anseio espiritual;
Dorcas útil ao necessitado;
Lídia abra a porta ao que chegar cansado;
A mulher samaritana corre a falar da salvação.

Senhor, se houver, tira de mim:
A vontade de olhar para trás (mulher de Ló);
A preferência por um filho (Rebeca);
O desejo adúltero (mulher de Potifar);
A traição (Dalila);
A trama macabra (Herodias);

De Ti, Senhor, suplico:
A paz;
A bênção e
O perdão.

Amém!



Beijinhos,

Lúcia Izidoro

A MULHER CURVADA

(Lucas 13.10-17)
Era sábado, dia de descanso. Jesus estava na sinagoga, ensinando. Muitas pessoas estavam ali também. As pessoas, muito compenetradas, nem notavam quem estava ao seu lado, ou ao seu redor. Para que? Eram sempre os mesmos. Mas Jesus via a cada um. E Ele notou alguém diferente. Ele percebeu uma pobre mulher com dificuldade de caminhar, de encontrar um lugar na sinagoga. Era uma mulher doente, que andava curvada. Dezoito anos de limitação física e emocional. Dezoito anos de sofrimento, vergonha e dor. Dezoito anos olhando para o chão, vendo só terra, pedras, pés. Quantas vezes teria sido objeto de piedade ou de zombaria? Quanta sugestão de tratamento teria recebido? Quanto remédio teria tomado? Quantas referências a castigo por seus pecados? O jeito tinha sido se conformar. Talvez ela pensasse que essa era a vontade de Deus para ela. O melhor a fazer, então, era aceitar. A deformidade afastou a alegria. A tristeza tomou conta de seu coração. E já não havia esperança. Provavelmente ela não viu Jesus. Só ouviu a sua voz. Mas Ele a viu e teve misericórdia dela. Jesus misturou o seu coração com o dela, sentiu todo o seu sofrimento e agiu para modificar a situação. Ela não pediu. A iniciativa partiu dele. Ele a chamou e libertou-a da sua enfermidade..- O poder de Deus é libertador.
- A sua misericórdia é uma realidade.
- Para nós, cristãos freqüentadores da Igreja, além dessas, ficam outras lições:- A vontade de Deus é que ninguém sofra limitações em seus movimentos. Em suas funções, em seus sentimentos.
- Não é da vontade de Deus que a mulher viva curvada. Ela tem o direito de assumir a sua estatura, diante dele e das pessoas. Obrigar uma mulher a andar curvada e mantê-la assim, vem de Satanás.
- Andar curvada não condiz com a vida abundante, plena, total, que Jesus veio trazer.
- Hà necessidade de usarmos de misericórdia para com os outros. É preciso olhar e ver as dificuldades de quem está próximo de nós. Perceber, identificar-se no sentir e agir, em nome de Jesus. Porque o seu poder libertador continua em ação. Como foi ontem, é hoje e será para sempre.
- Andar de cabeça erguida é a vontade de Deus para todos nós.
Amo Você no Amor de Jesus. LÚCIA IZIDORO

TODA MULHER SÁBIA EDIFICA SUA CASA

Versículo base: Provérbios 14:1:
“Toda mulher sábia edifica a sua casa, mas a tola derriba-a com as suas mãos.”
Provérbios 31:10-12:
“Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de finas jóias. O coração do seu marido confia nela, e não haverá falta de ganho. Ela lhe faz bem, e não mal, todos os dias de sua vida.”
A mulher sábia tem sabedoria. O que é ter sabedoria? No dicionário, SABEDORIA é conhecimento da verdade; qualidade do que é sábio; saber; prudência; razão; retidão.
VIRTUDE: excelência moral; retidão; coragem.
1 - A mulher sábia e virtuosa ora?
2 – Como a mulher sábia e virtuosa cuida de seu esposo e de sua família?
3 – Como a mulher sábia edifica o seu lar?
EDIFICAR: construir, levantar; induzir à vontade pelos bons exemplos; infundir sentimentos religiosos em.
A mulher sábia, firmada na Palavra do Senhor, ora incessantemente. Ora pelo seu lar, ora por seu esposo, ora por seus filhos, na certeza de que o Senhor estará cuidando de tudo e de todos. A esposa que ora edifica e fortalece o seu lar.
A oração é uma ferramenta poderosa, não para ser usada como uma arma, mas para restauração. É um meio de convidar o poder de Deus a entrar na sua vida, na vida de seu esposo, na sua família, no seu trabalho.
Muitas esposas cristãs não têm seus esposos cristãos. Então elas precisam exercer sua sabedoria. Não discutir, não afrontar seus esposos. Ao falar da Palavra de Deus, ore e peça ajuda ao Espírito Santo para dirigir a conversa. E, se mesmo assim, ainda tiver dificuldades, mantenha-se calada e ore. Ore mais. Mas ore com propósitos. Converse com o Senhor, seja clara em suas petições. Também não queira pedir tudo de uma vez. Vá com calma. O Senhor vai lhe abençoar.
Mulher sábia e virtuosa pode ganhar seu marido para Jesus, sem dizer palavra. O esposo irá observá-la e suas atitudes e seu comportamento dirão tudo.
“Sejam ganhos (os maridos), sem palavra alguma, por meio do procedimento de suas esposas.” (1 Pe 3:1)
A mulher sábia e virtuosa conhece as necessidades materiais e espirituais de seu esposo e de sua família. Nos momentos difíceis não perde a paciência, sabe que as respostas às suas orações podem demorar, e ela persevera. A sua responsabilidade é orar. A de Deus é responder.
“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede, recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á.” –( Mt 7:7,8).
A mulher sábia e virtuosa conserva o seu lar na Paz do Senhor Jesus. Ela sabe as responsabilidades que tem em cuidar da casa e de sua família. Ela faz de sua casa uma fonte de alegria, educação, descanso e amor para os seus. Ela mantém sua casa limpa, roupas lavadas, faz comida e está atenta a todos os detalhes para que nada falte a sua família. Ela é uma boa esposa, boa mãe, boa cozinheira, está sempre limpinha e cheirosa, e pronta para amar e ser amada.

Se você não é sábia nem virtuosa, ou acha que não é, ore ao Senhor para orientá-la, lhe dar sabedoria, entendimento, paz interior, equilíbrio emocional e espiritual.

Mas acima de tudo, entenda que seu marido é o cabeça da casa e você, mulher sábia e virtuosa, o coração. E Jesus, o cabeça da igreja.

Que o Senhor lhe fortaleça e lhe transborde Dele, para que suas orações cheguem ao Trono de Deus. Para que você seja cheia do Espírito Santo. Que você sempre seja o porto seguro de sua família, e Jesus faça morada no seu lar.
“Com a sabedoria edifica-se a casa, e com a inteligência ela se firma; pelo conhecimento se encherão as câmaras de toda sorte de bens preciosos e deleitáveis.” – (Prov. 24:3,4).
Que o Senhor possa fazer de você, mulher sábia e virtuosa, cada vez mais sábia e mais virtuosa, para honra e glória do nome de Jesus.
Com Meu Amor,
Lúcia Izidoro

seja Uma Mulher Virtuosa!

ARQUIVO DO BLOG Mulher Virtuosa Deus quer te usar

Quem sou eu

Minha foto

Alguns fatos sobre mim:Primeiramente amo a Deus o criador do universo.Amo minha família.Amo meus amigos.Amo fazer o bem sem olhar a quem.Sou uma mulher que chora não porque sou fraca mas porque tenho sesnsibilidade.Uma mulher que chora é poderosa sabe porque? ás lágrimas de uma mulher é como dinamite diante do seu criador.Sou feliz pois Deus tem sido compassível á mim colocando pessoas especiais ao meu caminho tenho um esposo maravilhoso.Procuro vivenciar a cada dia o gostoso sabor do amor,quebrando o maior de todos os paradgmas.A felicidade é somente para aqueles que amam como Cristo amou.Ah,sou desprovida de beleza física,minha beleza está no meu interior.Também não importo ser
cotraversial.Amo envelhecer porque só assim é que eu amadureço.Eu amo ser diferente.Se precisar de mim mande-me um recado pelo vento,estarei aqui sempre.
Minhas redes sociais:
 

Pesquisar este blog

Minha Filha Ana Paula e Meu neto Marcos Vinícios

Minha Filha Ana Paula e Meu neto Marcos Vinícios

Minha Mãe e eu.

Minha Mãe e eu.

Meu Amor Pedro Guilherme

Meu Amor Pedro Guilherme

Minha Família

Minha Família

Simplesmente,Linda!!!

Simplesmente,Linda!!!

Meus Amores,Minhas Vidas

Meus Amores,Minhas Vidas

Karol e Felipe

Karol e Felipe
Meus netos

Minha Neta Karol,Lucas,Felipe e Meu Filho Salomão

Minha Neta Karol,Lucas,Felipe e Meu Filho Salomão

Meu neto Felipe

Meu  neto  Felipe
Que Deus ilumine vida desta linda criaturas.

SEJA BEM-VINDO A ESTE BLOGGER DE MULHER VIRTUOSA DEUS QUER TE USAR.

ESTE BLOGGER,É PARA VOCÊ MULHER,QUE DESEJA SER SEGUNDO O CORAÇÃO DE DEUS.







Flores-e-Rosas - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Agradecimentos - Graphics, Graficos e Glitters Para Orkut

Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

























































































































































































EU E MINHA FILHOTA CLÁUDIA

Minha Família

Minha Família
Meu Genro Cris e Minha filha Cláudia

Minha Netinha Karol Izidoro

minhas imagens

minhas imagens
Mues netos Pedro e Ingrid Izidoro

Minhas imagens

Minhas imagens
Eu, e Meu Amado Esposo Mauro & Lúcia Izidoro